.caminho musical


Rouxinol Faduncho - Desvariação

.quantos caminhantes


.caminhos recentes

. Teste psicológico

. Mas a Maria merece

. Resignação

. Parte mais importante

. Tudo sobre peidos

. Aviso do gaucho amigo

. Caminho Molhado

. A universalidade do povo ...

. Amigos do Caralho

. Leitaria do Avante

.caminhos antigos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.sobre mim

.mais sobre mim


.caminhos trilhados

.o meu "selo"

Caminhos Cruzados

.o meu c@minho



.músicas que já tocaram no meu caminho


.procurar caminho

 

.em movimento




C

A

M

I

N

H

O

S



C

R

U

Z

A

D

O

S

.campanha da escrita

Campanha da escrita


blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2006

Desafios & Curiosidades

desafios_curiosidades.JPG

   Olá pessoal! Já que, embora não seja costume, entrei nestas coisas dos desafios que são tipo "correntes", agora vou até ao fim. Assim sendo, vou responder ao desafio da Moon do blog Luares Ocultos, que segundo ela vai "fechar".

  Sem mais tretas, até porque vai dar uma série que estou muito curioso ver (Perdidos 2 na RTP), cá vai a resposta ao desafio:

 
4 empregos que já tive na vida: (Empregos não tive nenhum :p, mas trabalhos tive estes:)
* Operador de Registo de dados em 2 sitios diferentes.
* Programador informático (onde estava antes e onde estou agora)
* (o 3º e 4º ainda estão por vir, mas sem qualquer ordem cronológica serão estes: departamento de qualidade de Gold Strike e chefe de Recursos Humanos da Playboy.. .He! He! He!)

4 Filmes que posso ver vezes sem conta:
* O clube dos poetas mortos
* Ghost
* Os da Nicole Kidman
* (Sei lá pá... depende da disposição)

4 Sítios onde vivi:
* Barreiro
* Barreiro
* Barreiro
* e como as férias não contam... Barreiro

4 Séries televisivas que não perco:
* espero não perder o "Perdidos 2", que vao começar daqui nada
* Alô Alô
* The simpsons
* As vitoria do FCP contam???
(isto devia mais ser as séries que gostava de não perder)

4 sítios onde tive de férias:
* Punta Cana
* Viseu;
* Mina de São Domingos
* Belverde (acho que era esse o nome)

4 dos meus pratos preferidos:
* Bacalhau c/ natas;
* Arroz de marisco;
* A bela da sardinha também marcha;
* Nestum de mel.

4 websites que visito diariamente:
* Os tipicos da bola
* Os regionais da minha terra
* O "email" conta?
* Aquele que começa por "http:\\www.", estão a ver qual é, nao estão?

4 sítios onde gostava de estar agora:
* Cuba
* Num sitio com muito sol, agua, a companhia certa, bebida, etc etc. Já tão a ver o cenário.
* Deitado no sofá...
* ...Com muito boa companhia

4 Bloggers que desafio a fazerem este questionário:
* Não curto estas merdas de comprometer os outros... que responda quem quiser!

Vá, portem-se mal, mas sempre com estilo... muito estilo!!
Sábado, 25 de Fevereiro de 2006

Taras & Manias

fosforo_boca.jpg


   Não pessoal, não é o "mega sucesso" do grande Marco Paulo que aqui vos trago. O que aqui me traz foi o desafio feito por duas amigas desta comunidade "blogueira": A Maria do blog A Papoila e a PaChi do blog Mundo da Pachi.

   Quem me conhece sabe que não sou muito dado a estas coisas das chamadas correntes na net, mas porque já foi o segundo desafio que me fizeram e pela consideração que tenho pelas 2, decidi partilhar convosco as minhas "pancadas".


REGULAMENTO:

"Cada bloguista participante tem de enumerar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que os diferenciem do comum dos mortais. E além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogues aviso do "recrutamento". Além disso, cada participante deve reproduzir este regulamento no seu blogue."


   Cumpridas as formalidades, cá vão 5 "pancadas" minhas:

1 - Não tendo problemas em admitir que tenho um estomago fraco para ver operações médicas, acidentes, sangue e essas cenas, sempre que vou dar sangue (sou dador) ou fazer analises, digo a mim proprio que não vou olhar para a agulha quando a estão a por no braço, mas a verdade é que não resisto à tentação e olho sempre... e sem problemas! Sou o maior! He! He!

2 - De algum tempo para cá, de noite, antes de me deitar, ponho-me a fazer contas à vida (o que fiz naquele dia... o que devo fazer no proximo, etc), mas assim que encosto a cabeça na almofada, catrapum... a próxima coisa que dou conta é de acordar no dia seguinte. :-)

3 - Uma vez que vou quase sempre sozinho para o trabalho, de transportes públicos e a viagem é longa (+/- 1h:20m), não prescindo de levar sempre comigo um livro para "matar" o tempo. Adoro ler!

4 - Por falar em trabalho, salvo raras excepções, sempre que chego ao bules, não prescindo de beber o cafezito, encher o copo de àgua e passar os olhos pelas principais noticias do dia nos jornais online. Sou um gajo que gosta de estar informado...

5 - Detesto que falem comigo e me dêem toques no braço como se assim tomasse mais atenção à conversa. Já agora junto outra coisa que me irrita: A expressão "é assim". Se ganhasse 1 € por cada vez que ouvi isso, já estava rico. Há "modas" que... sinceramente!

   E "prontus"... já "tá". Não custa nada... todo lá de... He! He!

   Agora é suposto passar a "bola" a 5 amigos, mas como não sei quem já "levou" com esta onda de Taras & Manias, e quem me vem visitar... olhem, que responda quem quiser !!

   Bjocas & Abraços !!

Domingo, 19 de Fevereiro de 2006

Divertimento com sinais ortográficos

Porque também se pode brincar com as palavras, sem as ofender...

campanhaescrita2.JPG

...
Em aberto, em suspenso
Fica tudo o que digo.
E também o que faço é reticente...


:
Introduzimos, por vezes,
Frases nada agradáveis...


.
Depois de mim maiúscula
Ou espaço em branco
Contra o qual defendo os textos


,
Quando estou mal disposta
(E estou-o muitas vezes...)
Mudo o sentido às frases,
Complico tudo...


!
Não abuses de mim!


?
Serás capaz de responder a tudo o que pergunto?


( )
Quem nos dera bem juntos
Sem grandes apartes metidos entre nós!


^
Dou guarida e afecto
A vogal que procure um tecto.



Alexandre O'Neill, Abandono Vigiado

Domingo, 12 de Fevereiro de 2006

No teu poema

olho.jpg


  Olá amigo(a)s! Sinto-me pouco inspirado a deixar-vos palavras da minha autoria, todavia acho este poema do José Luis Tinoco lindissimo, a mim, pelo menos, faz-me ficar num estado de tranquilidade, nostalgia e esperança tal que me leva a navegar para paragens onde os sonhos deixam de ser utopia e se concretizam... esse mundo onde tudo é possivel! Shiiiu... façam silencio, libertem a alma e contemplem-no, também aqui na belissima voz da nossa Dulce Pontes:


 No teu poema
existe um verso em branco e sem medida,
um corpo que respira, um céu aberto,
janela debruçada para a vida.
No teu poema existe a dor calada lá no fundo,
o passo da coragem em casa escura
e, aberta, uma varanda para o mundo.
Existe a noite,
o riso e a voz refeita à luz do dia,
a festa da Senhora da Agonia
e o cansaço
do corpo que adormece em cama fria.
Existe um rio,
a sina de quem nasce fraco ou forte,
o risco, a raiva e a luta de quem cai
ou que resiste,
que vence ou adormece antes da morte.
No teu poema
existe o grito e o eco da metralha,
a dor que sei de cor mas não recito
e os sonhos inquietos de quem falha.
No teu poema
existe um cantochão alentejano,
a rua e o pregão de uma varina
e um barco assoprado a todo o pano.
Existe um rio
O canto em vozes juntas, vozes certas
Canção de uma só letra
E um só destina a embarcar
No cais da nova nau das descobertas.
Existe um rio
a sina de quem nasce fraco ou forte,
o risco, a raiva e a luta de quem cai
ou que resiste,
que vence ou adormece antes da morte.
No teu poema
existe a esperança acesa atrás do muro,
existe tudo o mais que ainda escapa
e um verso em branco à espera de futuro.


José Luís Tinoco

Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2006

Diferença

espera.JPG


 Esperanças pessimistas
Brotam de uma vida sem sentido
Não escondem o sofrimento
De quem no horizonte já nada vê
Só o vazio o espera
Enquanto vagueia por ruas de tristeza
Cruza-se com almas desconhecidas
Que até lhe sorriem
Mas a alma de ouro
Não ousa tocar-lhe
Não o consegue animar
E com seu silêncio de ferro
Ainda mais o tortura
Restando apenas caminhar e sonhar
O precipício do destino espera-o
Ansiosamente
Vorazmente
Condena-o por algo
Pelo qual não tem culpa
Com uma réstia de alento
Implora que a mão trémula da Vida
O liberte desse martírio
E lhe restitua a dignidade
Que outrora teve
E atrozmente lhe é negada
Assim caminha
Para o acaso que cruelmente o arrasta
Nada pode fazer
Somente sofrer
E pacientemente esperar...


20/06/97
Luis "Menouv"


  NOTA: Este poema é um dos meus mais antigos, mas por ser dos mais pequenos e traduzir satisfatoriamente (mais adjectivo, menos adjectivo) o que ultimamente me tem andado na alma, decidi partilha-lo agora convosco...

Sábado, 4 de Fevereiro de 2006

A vida continua...

pinheiro-ao-vento.jpg


Quis-te com tanto ardor
Que o fogo quase me consumia
Mas um dia a verdade chegou
E como uma ventania, que tudo levou
Apenas restou o que não existia

* * *
"Quem for firme em seus propósitos
molda o mundo a seu gosto"

Göethe

...será?!?!?

Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2006

Famosos

amigos3.jpg


  Um famoso conferencista, na sessão de abertura de um seminário e perante uma assistência de 200 pessoas, inicia a sua comunicação mostrando uma nota de € 500,00 novinha.

  Pergunta à assistência : "-Quem quiser esta nota de € 500,00, levante o braço".

  Unanimidade na sala, todos ergueram o braço... então disse: "-Esta nota será de um de vocês esta noite, mas antes de a entregar ao feliz contemplado, deixem-me fazer isto..."

 
Então, amassou a nota nas mãos e perguntou outra vez: "-Alguém ainda quer esta nota?"

 
Todos levantaram novamente o braço... e continuou: "-E se eu fizer isto ?..." Atirou a nota ao chão e pisou-a vigorosamente. Depois, apanhou a nota do chão, suja e amassada e perguntou: "-E agora?... Alguém ainda vai querer esta nota de € 500,00"?

 
Todos os braços se voltaram a levantar.

 
O conferencista voltou-se para a plateia e disse que esta introdução merecia uma explicação: "-Não importa o que eu faça com esta nota, vocês continuarão a querer este dinheiro, porque a nota não perde o seu valor.

 
Esta situação também acontece connosco... muitas vezes nas nossas vidas somos amassados, pisados e ficamo-nos a sentir diminuídos e sem importância.

 
Mas não importa, jamais perderemos o nosso valor. Sujos ou limpos, amassados ou inteiros, magros ou gordos, altos ou baixos, nada disso importa !... Nada disso altera a importância que temos!...

  O valor das nossas vidas, não é pelo que aparentamos ser, mas, pelo que fizemos e sabemos!"

 
Agora, reflictam e procurem na vossa memória:

 
1 – O nome das 5 pessoas mais ricas do mundo.

 
2 – O nome das 5 últimas vencedoras do concurso Miss Universo.

 
3 – O nome de 10 vencedores do prémio Nobel.

  4 – O nome dos 5 últimos vencedores do Óscar para o melhor actor.

 
Então? Difícil, não?... Não se lembram???... Não se preocupem. Nenhum de nós se lembrará dos melhores de ontem.

 
Os aplausos valem no momento! Os troféus enchem-se de pó! Os laureados são esquecidos!

 
Agora, façam o seguinte :

 
1 – O nome de 3 professores que contribuíram para a vossa formação.

 
2 – O nome de 3 amigos que já vos ajudaram em momentos difíceis.

 
3 - Pensem em algumas pessoas que já vos fizeram sentir "alguém especial".

 
4 – O nome de 5 pessoas que compartilham do teu tempo.

 
E agora? A coisa já está a melhorar, não é verdade?

 
As pessoas que marcam a nossa vida não são as que têm as melhores credenciais, as que têm mais dinheiro, ou as que obtiveram os melhores prémios... são aquelas que se preocupam connosco, que cuidam de nós, aquelas que, de algum modo, estão ao nosso lado.

 
Reflictam um momento... A vida é muito curta!... Tu, em que lista estás?... Não sabes?

  Deixa que te dê uma ajuda... Podes não estar
entre os famosos, mas estás entre aqueles de quem eu me lembro com carinho...

.Obrigado pela visita. Volta sempre!

menouv