.caminho musical


Rouxinol Faduncho - Desvariação

.quantos caminhantes


.caminhos recentes

. Teste psicológico

. Mas a Maria merece

. Resignação

. Parte mais importante

. Tudo sobre peidos

. Aviso do gaucho amigo

. Caminho Molhado

. A universalidade do povo ...

. Amigos do Caralho

. Leitaria do Avante

.caminhos antigos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.sobre mim

.mais sobre mim


.caminhos trilhados

.o meu "selo"

Caminhos Cruzados

.o meu c@minho



.músicas que já tocaram no meu caminho


.procurar caminho

 

.em movimento




C

A

M

I

N

H

O

S



C

R

U

Z

A

D

O

S

.campanha da escrita

Campanha da escrita


blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 24 de Setembro de 2006

Leitaria do Avante

logo2_4.jpg

    Olá amigos, companheiros, camaradas!

   Escrevo este texto, (e porque recordar também é viver), apenas para partilhar convosco alguns dos belos momentos de convívio que me foram proporcionados devido à participação da freguesia de Palhais na Festa do Avante, mais concretamente na cada vez mais famosa "Leitaria" de Palhais. (digam lá que a nossa vaquinha não está linda).

   Pois é, a vida são 2 dias, mas a Festa do Avante são 3 (é o que as minhas 2 t-shirts dizem... para o ano compro outra), mas concerteza que isto é só no que respeita ao "calendário oficial", pois a Festa para milhares de camaradas e amigos "começa" alguns meses antes e prolonga-se algumas semanas depois.

   Antes do primeiro fim de semana de Setembro (não há como enganar, é sempre no primeiro fim de semana completo de Setembro), é preciso distribuir, planear e executar o espaço destinado a cada uma das organizações e tal só é possivel graças às milhares de horas dispendidas na Quinta da Atalaia... e como é bonito ver jovens e menos jovens, homens, mulheres e crianças unidas no levantar da Cidade da Solidariedade, vendo inclusivé minutos antes da abertura, alguns camaradas ainda a dar as ultimas pinturas de mão para que tudo fique perfeito para aqueles que "nos" visitam.

   Mas o que me traz aqui hoje, nem é tanto falar do "antes" (jornadas de trabalho voluntário) da Festa, mas do "durante" e principalmente no "depois" da mesma.

   Este ano a Leitaria ficou em frente ao palco 25 de Abril, e tal como se perspectivava, o trabalho foi mais que muito, levando insclusivé alguns camaradas ao esgotamento fisico. Para quem não sabe a Leitaria, chegou a ser a unica "organização" na Festa aberta de manhã (abrimos ás 7 da madrugada e fechamos... bem, fechamos quando pudemos... para lá da meia), sendo a unica que servia pequenos almoços a todos os que pernoitavam na Festa: visitantes e camaradas de serviço!

   Cada turno tinha supostamente a duração de 4 horas diárias e muitos foram os que fizeram mais que um turno, e só assim foi possivel receber tantos elogios de quem lá passava e voltava com agrado por ser tão bem recebido. Como nota de curiosidade e para que tenham uma ideia do movimento que tivemos, posso dizer-vos que no sábado por volta das 10:30h/11:00h (quando estava a chegar a malta do próximo turno de serviço) cheguei a contar na Leitaria 21 pessoas... e todas a "dar o litro"! É obra!

   Finda a Festa do Avante, é hora de balanço e agradecimento, e como tal a organização politica do PCP de Palhais, jamais poderia esquecer aqueles que tão valoroso contributo deram na Leitaria, tendo organizado ontem um lanche convívio que teve a participação de quase a totalidade dos cerca 35 camaradas e amigos que fizeram turnos na Leitaria.

   Penso que foi um convivio muito divertido, no qual todos poderam dar a sua opinião sobre o que correu bem, o que correu mal, o que se pode melhorar, partilhar histórias e momentos vividos na Festa... basta darem uma olhada na fotomontagem do post "Festa do Avante 2006" para terem uma pequena ideia, enfim, disfrutar de bons momento de camaradagem, e no que me diz respeito foi um enorme prazer rever algumas pessoas que quase só vejo na Festa!

   O trabalho foi muito, mas os resultados financeiros e principalmente os "resultados" humanos fazem esquecer ou atenuar todo o cansaço!

   Para o ano há mais, e como tal contamos contigo porque... Não há Festa como esta!!!

Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

Boa-nova

maternidade_almada_negreiros.jpg
Quadro de Almada Negreiros - "Maternidade"


   Olá Amigos! Após alguns meses de ausência, e respondendo ao desafio e à promessa que fiz à minha Amiguinha Sereia (não se esqueçam de passar pelo blog dela porque vale a pena http://contas-ao-acaso.blogspot.com), decidi actualizar este meu caminho... sabe-se lá durante quanto tempo! 


   
  
Como disse num dos comentários ao post anterior chamado 
"Festa do Avante 2006"
, confesso que só actualizei este blog por culpa do meu grande Amigo Pedro... se ele não tivesse posto o link para este caminho no novo blog dele (http://web.mac.com/pedro.matias), nem me lembrava disto. He! He! Como pôs, senti vergonha e pensei: "-Fenix, ainda alguém se lembra de cá vir e não há nada novo para mostrar! Olha, e porque não pôr umas fotos da graaaaande Festa do Avante deste ano? Sempre dá para ir matando saudades até dia 07-09-2007!!" He! He!
   
   Adiante, o que me traz cá hoje, é o querer partilhar convosco um poema (ou tentativa de) que tenta mostrar o que senti no passado Sábado, na churrascada, quando a Patruska e o Joca, deram a boa-nova à malta (parece que alguns já sabiam e não disseram nada... depois a malta pensa numa forma de se desforrar) de que iam ser papás de uma menina... ok, pronto, ainda não se sabe se é um gajo ou uma gaja, mas eu aposto que vem aí outra Mendonça... seja como fôr, é uma noticia só comparável à da (na altura) inicio de "gravidez" do André e/ou da Inês, que mais dia, menos dia, nos vem fazer companhia... olha, rimou! :p

   Bom, sem mais "tretas", aqui está em primeira mão, algo que escrevi e que dedico aos futuros papás: Patricia & Joca.



Boa-nova

Procuro as palavras
Rabisco frases inacabadas
Vasculho os sentimentos nesta panóplia já enraizada
Busco o vocábulo do coração
Tento falar, mas os sons não rompem a barreira do espanto
Esqueço tudo o resto e à boa nova me entrego
Envolvo-me na vossa luz e passo a ser o brilho que daí vem
Esse é o momento da voz que emudece
Do corpo que pára
Das mãos que se quedam
Do sorriso que se rasga
Chegou a hora da celebração da alma
É assim que os meus olhos vislumbram o dia que desperta
O clarear trazido pelo ser que se forma
Qual pequena estrela endeusada
Ainda pouco mais que um pontinho que alumia estas vidas
Sinto o aconchego de um futuro risonho
Balançando solto no espaço
Pintando os sonhos de rosa ou azul
Tingindo este caminho como um sol na preguiça do despertar
Oh, sei que são frases perdidas
Abstractas
Sentimentos confusos que se ajeitam dentro de mim…
As mãos
Ainda há pouco paradas
Tremulam suavemente
Balançando o corpo como um sopro
Flutuando sonhador
Saboreando este instante tão belo, tão singular
E a voz
Por tanto tempo calada
Timidamente ensaia agora uma canção de embalar…



19 Setembro 2006
Luis Costa


Sábado, 9 de Setembro de 2006

Festa do Avante 2006

Perspectivas de uma Festa vista e vivida por "dentro" !!

Não há Festa como esta !!

DSC01946.JPG

logo2_4.JPG

DSC01987.JPG

DSC02001.JPG

DSC01910.JPG

DSC01882.JPG

DSC01981.JPG

DSC01868.JPG

DSC01903.JPG

DSC01941.JPG

DSC01860.JPG

DSC02026.JPG

DSC01886.JPG

DSC01918.JPG

DSC01894.JPG

DSC01863.JPG

DSC01893.JPG

DSC01905.JPG

DSC02024.JPG

DSC01835.JPG

DSC01917.JPG

DSC03671.jpg


Para o ano há mais, porque... 

A vida são 2 dias, mas a Festa do Avante são 3 !!

.Obrigado pela visita. Volta sempre!

menouv