.caminhos recentes

. Teste psicológico

. Mas a Maria merece

. Resignação

. Parte mais importante

. Tudo sobre peidos

. Aviso do gaucho amigo

. Caminho Molhado

. A universalidade do povo ...

. Amigos do Caralho

. Leitaria do Avante

.caminhos antigos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.sobre mim

.mais sobre mim


.caminhos trilhados

.procurar caminho

 

.em movimento




C

A

M

I

N

H

O

S



C

R

U

Z

A

D

O

S
blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 5 de Novembro de 2006

Parte mais importante

  Certo dia a mãe de uma criança perguntou-lhe se sabia qual era a parte mais importante do corpo. Ele pensou que o som era muito importante, para nós, seres humanos e então disse:
  "- As orelhas, mãe!"
  "- Não querido, porque muitas pessoas são surdas. Mas continua pensando sobre este assunto. Noutra oportunidade volto a perguntar." Disse concluido.
  Passou algum tempo até voltar a perguntar. O jovem tinha pensado bastante e pensou ter encontrado a resposta certa. Então disse:
  "- A visão é muito importante para todos, então devem ser os nossos olhos."
  Tinha errado outra vez. Ela olhou-o e disse:
  "- Estás a aprender rápido, mas a resposta ainda não está correcta, porque há muitas pessoas que são cegas..."
  Ouvindo a explicação, o jovem continuou a sua busca de conhecimento ao longo do tempo. A sua mãe de tempos em tempos colocava-lhe sempre a mesma pergunta e a cada resposta dada, dizia:
  "- Não, mas estás a ficar cada vez mais inteligente."
  Então um dia o avô da criança morreu. Todos estavam tristes. Todos choravam. Até o seu pai, que nunca tinha visto chorar. Nessa altura a sua mãe olha-o e pergunta:
  "- E agora, já sabes qual é a parte do corpo mais importante?"
  O jovem ficou um tanto chocado por a sua mãe lhe estar a fazer essa pergunta justamente naquele momento. Sempre achara que era apenas um jogo entre eles.
  "- Hoje é o dia em que precisas aprender esta importante lição" disse-lhe a mãe.
 
Ela olhou-o com aquele olhar que só as mães conseguem fazer e continuou:
  "- Meu amor, a parte mais importante são os seus ombros."
  "- Porque eles sustentam a minha cabeça?"
  "- Não querido, porque podem apoiar a cabeça de um amigo ou de alguém amado quando choram. Todos precisam de um ombro para chorar em algum momento da vida", explicou a mãe.
  Naquela instante, a criança descobriu qual era a parte mais importante. Descobriu, também, a importância de ser "simpático" à dor dos outros, porque naquela hora quem precisou de um ombro fora ele.
  "- Espero que tenhas bastante amor e amigos, e que os teus ombros estejam sempre à disposição quando alguém precisar" - disse-lhe a mãe, continuando:
  "- As pessoas esquecerão o que dizes... até esquecerão o que fazes... mas nunca esquecerão o que lhes fizeste sentir!".

"Os bons amigos são como as estrelas. Nem sempre os vês, mas sabes que estão sempre lá."

publicado por menouv às 17:38
caminho do post | adicionar aos meus caminhos
De Sereia a 6 de Novembro de 2006 às 10:29
Realmente versatilidade é coisa que não te falta!!

Quem diria que depois dos últimos posts viria um texto tão cheio de sentimento?
Gostei, embora não concorde muito. Para mim a parte mais importante do corpo é mesmo o coração. De que me serve um ombro amigo se não existir realmente amizade? E a amizade verdadeira nasce no coração!! E se não houver ombros para emprestar há-de haver outra coisa qualquer, nem que sejam simples palavras ou apenas um olhar! Os verdadeiros amigos não precisam de dizer nem fazer muito, nós sabemos que eles estão sempre lá, que sentem a nossa dor e a nossa felicidade como se fossem suas!!
Mas, enfim, são opiniões...
Beijos grandes desta AMIGA... SEMPRE!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres